OVAR: ajuda para o Cáster (fome!): os cães mais mal-tratados estão longe da vista, nas casas das pessoas

17-01-2012 15:42

 

A minha chefe pediu-me que fizesse algo por um cão que estava no rio Cáster - centro de OVAR.

> Estava a sair para almoço e, por isso, calcei as botas de água e fui resgatá-lo.
> Disseram-me que já lá estava há 3 dias (!!!) Trazia marcas de cordel ao pescoço.
> Fui logo com ele para a clínica mais próxima que me cobrou cento e tal euros por exames que alegadamente terá feito (mas não vi nada) e que estava tudo bem com ele... Mais tarde, liguei a perguntar se lhe tinham dado desparasitante e disseram que não (!).

> É um cão triste e só raras vezes esboça um abaozito de cauda, mas é só mesmo um leve movimentar da ponta da cauda, sempre entre as pernas...
> Treme muito as pernitas traseiras, não sei se de fraqueza, se de frio, se algum problema neurológico...


> Já está em FAT, uma pessoa cinco estrelas, muito dedicada aos bichos - é a única sorte que este Cáster teve até hoje...


> Precisamos de ajudas para os testes e tratamento, na VetEspinho:

> conta 0285 0528 95300
> NIB 0035 0285 0005 2895 30011

http://www.vetespinho.com/


> - Um muito obrigada à Vânia que logo que soube deste caso se mobilizou para arranjar comidinha especial para ele, correndo todas as campanhas de recolha de alimentos a decorrer... talvez possa continuar a ajudar na recolha de fundos para o seu tratamento...


BERTA
918530942